Voltar

Cauterização

Serve para fechar ou remover lesões, seja por meio do eletrocautério, aparelho que emite uma corrente elétrica diretamente no alvo terapêutico, seja por meio de substâncias corrosivas, como ácido tricloroacético.

Na área ginecológica, a eletrocauterização é utilizada para tratar danos causados pelo papilomavírus humano, o HPV, e combater células anormais. O procedimento dura poucos minutos e exige anestesia local, no próprio colo uterino.

Por sua vez, a cauterização química elimina queratoses actínicas, precursoras de câncer de pele, queratoses seborreicas, verrugas virais e áreas sangrantes que aparecem depois de um ferimento ou de um trauma em pele ou mucosa. A aplicação é indolor, só causando um ardor passageiro e a mudança de cor da lesão. Dias depois, a área escurece, por causa da morte das células locais, e a crosta formada posteriormente se desprende – sinal de tratamento bem-sucedido.

Agende agora! Entre em contato com a nossa Central de Atendimento DaVita: 3003-8482.